Ex-diretor da Companhia Mineradora de MG é condenado por peculato

Renato Caporali Cordeiro, ex-diretor da Companhia Mineradora de Minas Gerais (Comig), que atualmente é chamada de Codemig, foi condenado a 4 meses e 15 dias de detenção em regime aberto por peculato culposo no processo do mensalão tucano. Para a Justiça, fica comprovado que ele participou do desvio de recursos públicos para a campanha de Eduardo Azeredo (PSDB) ao governo de Minas Gerais.

Ex-diretor da Companhia Mineradora de MG é condenado por peculato Ex-diretor da Companhia Mineradora de MG é condenado por peculato Ex-diretor da Companhia Mineradora de MG é condenado por peculato Ex-diretor da Companhia Mineradora de MG é condenado por peculato Ex-diretor da Companhia Mineradora de MG é condenado por peculato

Renato Caporali Cordeiro

A decisão, do dia 31 de outubro, é de Lucimeire Rocha, da 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte. A decisão é de primeira instância e cabe recurso.

article_image