Trabalhador de subsolo de mina recebe aposentadoria especial

A 1ª Câmara Previdenciária de Minas Gerais concedeu aposentadoria especial a um ex-empregado de uma empresa de mineração que trabalhou, entre os anos de 1986 a 2001 em subsolo de mineração em frente de produção. O juiz federal convocado, Márcio José de Aguiar Barbosa, considerou a atividade profissional como perigosa e ressaltou que o trabalhador estava exposto a agentes químicos, físicos e biológicos.

Trabalhador de subsolo de mina recebe aposentadoria especial Trabalhador de subsolo de mina recebe aposentadoria especial Trabalhador de subsolo de mina recebe aposentadoria especial Trabalhador de subsolo de mina recebe aposentadoria especial Trabalhador de subsolo de mina recebe aposentadoria especial

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) alegou que a comprovação do trabalho especial prestado não existe, principalmente depois de 1997, devido à falta de laudo pericial que comprove que o autor

loader