Tecnologia desenvolvida na UFMG permite esvaziar barragens e fazer cimento

Uma tecnologia desenvolvida na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) oferece uma alternativa de aproveitamento dos rejeitos de minério armazenados em barragens semelhantes às que se romperam em Mariana e Brumadinho e que ameaça Barão de Cocais.

Tecnologia desenvolvida na UFMG permite esvaziar barragens e fazer cimento Tecnologia desenvolvida na UFMG permite esvaziar barragens e fazer cimento Tecnologia desenvolvida na UFMG permite esvaziar barragens e fazer cimento Tecnologia desenvolvida na UFMG permite esvaziar barragens e fazer cimento Tecnologia desenvolvida na UFMG permite esvaziar barragens e fazer cimento

A pesquisa experimental conseguiu transformar o rejeito em uma espécie de cimento (pozolana), em areia e em pigmento.