Projeto brasileiro fabrica próteses de nióbio e titânio

Ligas metálicas de alta tecnologia, usadas para fabricar supercondutores e peças de reatores de fusão nuclear estão sendo reinventadas para a fabricação de próteses para implantes biomédicos. As ligas de nióbio-titânio (Nb-Ti) e titânio-nióbio-zircônio (Nb-Ti-Zr) foram as escolhidas por um consórcio coordenado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) de São Paulo, com participação da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e outras entidades.

Projeto brasileiro fabrica próteses de nióbio e titânio Projeto brasileiro fabrica próteses de nióbio e titânio Projeto brasileiro fabrica próteses de nióbio e titânio Projeto brasileiro fabrica próteses de nióbio e titânio Projeto brasileiro fabrica próteses de nióbio e titânio

Peças iniciais para fabricação de implantes biomédicos a partir de nióbio e titânio

A primeira fase do trabalho consistiu na produção das ligas na forma de pós metálicos que cumprissem uma série de exigências necessárias para trabalhar