CURTAS: CNI prevê crescimento de 1,5% no setor de mineração em 2014

Leia nas Curtas de hoje: Sócios da usina de Belo Monte vão pagar aditivo de R$ 700 milhões; Curso dá diretrizes sobre ferramenta que analisa a viabilidade econômica de projetos; Mineração Rio do Norte divulga terceiro relatório de sustentabilidade.
CURTAS: CNI prevê crescimento de 1,5% no setor de mineração em 2014 CURTAS: CNI prevê crescimento de 1,5% no setor de mineração em 2014 CURTAS: CNI prevê crescimento de 1,5% no setor de mineração em 2014 CURTAS: CNI prevê crescimento de 1,5% no setor de mineração em 2014 CURTAS: CNI prevê crescimento de 1,5% no setor de mineração em 2014

CNI prevê crescimento de 1,5% no setor de mineração em 2014

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) afirmou que o setor de mineração deve crescer 1,5%, em 2014. O dado está no Informe Conjuntural da CNI, divulgado na última quarta-feira (24), que prevê que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil reduzirá de 1,8% para 1%. A estimativa para o PIB industrial é de queda de 0,5% neste ano. Se confirmada, será a primeira queda do PIB industrial, desde 2012. Segundo a entidade, a desaceleração da atividade industrial é motivada mais pela economia nacional do que pelo mercado internacional.

Sócios da usina de Belo Monte vão pagar aditivo de R$ 700 milhões

Os sócios da usina hidrelétrica de Belo Monte, entre eles Vale e Petrobrás, concordaram em pagar um aditivo de cerca de R$ 700 milhões ao Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM), que está sob a liderança da construtora Andrade Gutierrez. Os grupos de energia Eletrobrás, Neoenergia e Cemi, e o fundo de pensão da Caixa Econômica Federal também estão entre os sócios da usina que poderão ser recorridos para o aumento de recursos, caso ocorram gastos extraordinários. O dinheiro para o CCBM sairá da verba de contingências, já prevista no plano de investimento de R$ 25 bilhões, orçado em 2010. As informações são da Agência Estado.

Curso dá diretrizes sobre ferramenta que analisa viabilidade econômica de projetos

O curso introdutório sobre a ferramenta de viabilidade econômica de projetos de mineração a céu aberto, Geovia Whittle, será oferecido online e gratuito na próxima quarta-feira (30). A ferramenta é um padrão mundial entre bancos e instituições financeiras para analisar a viabilidade de projetos, considerando parâmetros físicos, econômicos, estruturais e planejamento estratégico. O curso ensinará aos iniciantes como obter de forma rápida respostas para diferentes cenários, de acordo com as diretrizes da empresa e do mercado, para novos empreendimentos e minas já em operação. A inscrição para o curso pode ser feita pelo site da 3ds-integrated.

Mineração Rio do Norte divulga terceiro relatório de sustentabilidade

A Mineração Rio do Norte (MRN) disponibilizou o seu terceiro relatório de sustentabilidade feito pela Global Reporting Initiative (GRI) 2013. O GRI da MRN analisa o desempenho econômico, ambiental e social da empresa. Tópicos como a representatividade da companhia no Pará e o seu relacionamento com os clientes foram analisados. A GRI é uma organização sem fins lucrativos que pretende manter a transparência das ações de mais de 4 mil organizações.

loader

Most read Geral

Most read Geral