CSN pode ficar somente com o trecho do Ceará na Ferrovia Transnordestina

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), que detém a concessão da Ferrovia Transnordestina, poderá perder o trecho pernambucano do projeto. A informação foi divulgada pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, em um evento sobre PPPs e Concessões, promovido pelo BNDES, na quarta-feira (13), em Brasília.

CSN pode ficar somente com o trecho do Ceará na Ferrovia Transnordestina CSN pode ficar somente com o trecho do Ceará na Ferrovia Transnordestina CSN pode ficar somente com o trecho do Ceará na Ferrovia Transnordestina CSN pode ficar somente com o trecho do Ceará na Ferrovia Transnordestina CSN pode ficar somente com o trecho do Ceará na Ferrovia Transnordestina

O ministro afirmou que a empresa Transnordestina Logística, do grupo CSN, ficaria apenas com o trecho do Ceará e os investimentos que ela teria que fazer cairiam de R$ 7 bilhões