Ferroviários recusam contraproposta da Vale para acordo coletivo no ES e MG

Cerca de 81% dos maquinistas que trabalham para a Vale em viagens no Espírito Santo e Minas Gerais foram contra a contraproposta da mineradora para o Acordo Coletivo de Trabalho para 2019. A companhia sugere a redução do adicional noturno em troca de um reajuste salarial de 3,5%, diz o Sindicato dos Ferroviários do Espírito Santo e de Minas Gerais (Sindfer) em jornal entregue aos trabalhadores ontem (20).

Ferroviários recusam contraproposta da Vale para acordo coletivo no ES e MG Ferroviários recusam contraproposta da Vale para acordo coletivo no ES e MG Ferroviários recusam contraproposta da Vale para acordo coletivo no ES e MG Ferroviários recusam contraproposta da Vale para acordo coletivo no ES e MG Ferroviários recusam contraproposta da Vale para acordo coletivo no ES e MG

Vale

"Qualquer proposta que não envolva a elevação desse índice, será recusada em mesa", disse João Batista, presidente do Sindfer.

topics

loader