EXECUTIVOS

Ex-secretário do MME denuncia pressão política na ANM

O ex-secretário de geologia, mineração e transformação mineral (SGM) do Ministério de Minas e Energia (MME), Alexandre Vidigal, acusou três ex-deputados federais de pressionarem a pasta para emplacar nomeações na Agência Nacional de Mineração (ANM) e no governo. A informação foi revelada durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Braskem, que está sendo realizada pelo Senado.

 Ex-secretário Alexandre Vidigal em depoimento à CPI da Braskem no Senado/Divulgação

Ex-secretário Alexandre Vidigal em depoimento à CPI da Braskem no Senado/Divulgação

O ex-secretário denunciou a coação por parte dos ex-deputados federais Ricardo Izar, Nereu Crispim e Evandro Roman para a nomeação de Wagner Pinheiro para cargos importantes. "Eles utilizaram um pretenso...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo
Já tem uma conta?  
Assine Agora