MP estuda ação para destituir diretoria executiva da Vale

Executivos da alta administração da Vale podem ser removidos de seus cargos nas próximas semanas. O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) avalia entrar com uma ação pública contra as autoridades que licenciaram Brumadinho, incluindo o diretor-presidente e toda a direção da Vale pelo rompimento da Barragem 1, da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), diz a coluna Radar, da revista Veja.

MP estuda ação para destituir diretoria executiva da Vale MP estuda ação para destituir diretoria executiva da Vale MP estuda ação para destituir diretoria executiva da Vale MP estuda ação para destituir diretoria executiva da Vale MP estuda ação para destituir diretoria executiva da Vale

 

 

Segundo a coluna, ideia do MPMG é pedir o afastamento por omissão.