Kelman deixa presidência do Ibram após 15 dias

O engenheiro Jerson Kelman renunciou ao cargo de presidente-executivo do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), na sexta-feira (1), após assumir há quinze dias, informou a assessoria da imprensa do Ibram. A decisão foi pessoal e foi tomada uma semana após a tragédia de Brumadinho (MG). Kelman trabalhou por duas semanas no Ibram até pedir demissão.

Kelman deixa presidência do Ibram após 15 dias Kelman deixa presidência do Ibram após 15 dias Kelman deixa presidência do Ibram após 15 dias Kelman deixa presidência do Ibram após 15 dias Kelman deixa presidência do Ibram após 15 dias

O engenheiro civil Jerson Kelman

"O Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) informa que o diretor-presidente Jerson Kelman entregou pedido de demissão e, em breve, o Conselho Diretor do Instituto irá