EMPRESAS

Vale deve seguir BHP em aumento de provisões para Mariana, segundo analistas

Analistas de mercado prevêem que a Vale siga a BHP e anuncie provisionamento extra para garantir recursos para novas despesas referentes à reparação pelo rompimento da barragem da Mina do Fundão, em Mariana, em 2015. Na quarta-feira (14), a BHP anunciou mais uma provisão de US$ 3,2 bilhões referentes ao desastre, totalizando um montante de US$ 6,5 bilhões ao fim de 2023.

Destruição causada pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana/Agência Brasil

Destruição causada pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana/Agência Brasil

Segundo a BHP, o novo provisionamento, que será reportado nos resultados do quarto trimestre de 2023, é o valor estimado para cobrir os custos que o Ministério Público Federal e o acordo de obrigações...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora