Justiça inglesa estende prazo para julgar ação bilionária por Mariana

A Justiça Inglesa atendeu a um pedido da Vale e estendeu o prazo previsto para julgamento do desastre de Mariana de 11 para 14 semanas. A decisão foi tomada em Londres na quarta-feira (31), primeiro dia de audiências da ação coletiva movida contra a BHP por prejuízos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, ocorrido em Mariana (MG) em 2015, que pode resultar em indenização de cerca de US$ 46 bilhões.

Justiça inglesa estende prazo para julgar ação bilionária por Mariana Justiça inglesa estende prazo para julgar ação bilionária por Mariana Justiça inglesa estende prazo para julgar ação bilionária por Mariana Justiça inglesa estende prazo para julgar ação bilionária por Mariana Justiça inglesa estende prazo para julgar ação bilionária por Mariana

Danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG)/Agência Brasil