STJ mantém atividades da Sama suspensas em Goiás

A Sama Mineração, subsidiária da Eternit, terá que parar as atividades de extração, exploração, comercialização, transporte e exportação de amianto em Goiás. A empresa pediu a suspensão dos efeitos da liminar concedida ao Ministério Público Federal (MPF), pela Justiça Federal, no ano passado, que determinava a paralisação das suas atividades no Estado, mas o Superior Tribunal de Justiça (STJ) se declarou incompetente para julgar o caso e manteve a proibição.

STJ mantém atividades da Sama suspensas em Goiás STJ mantém atividades da Sama suspensas em Goiás STJ mantém atividades da Sama suspensas em Goiás STJ mantém atividades da Sama suspensas em Goiás STJ mantém atividades da Sama suspensas em Goiás

Carga de amianto da Sama no Porto de Santos/Divulgação

Em 16 de novembro, em julgamento no plenário virtual do STJ, a ministra Maria Thereza de Assis Moura entendeu que, apesar de o município de Minaçu ter recorrido da liminar