CBTU cobra da Braskem custos de obra de anel ferroviário em AL

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) ajuizou ação na Justiça Federal contra a Braskem para que a empresa assuma o desenvolvimento e execução do projeto de um anel ferroviário em Maceio (AL). A companhia alega que o desastre ambiental atribuído à extração de sal-gema na capital alagoana teria interrompido a linha de trem que passava por dois bairros da cidade e causado prejuízos à empresa e aos usuários do sistema.

CBTU cobra da Braskem custos de obra de anel ferroviário em AL CBTU cobra da Braskem custos de obra de anel ferroviário em AL CBTU cobra da Braskem custos de obra de anel ferroviário em AL CBTU cobra da Braskem custos de obra de anel ferroviário em AL CBTU cobra da Braskem custos de obra de anel ferroviário em AL

Afundamento de solo em Maceió é atribuído à exploração de sal-gema/Divulgação

A CBTU disse que ainda não calculou o valor total do prejuízo, mas, segundo a companhia, o desastre ambiental que destruiu quatro bairros de Maceió afetou o transporte

article_image