CPI investigará Vale por suspeita de "triangulação" com subsidiária suíça

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) vai apurar a denúncia de que a Vale teria criado uma empresa na Suíça para obter um faturamento comercial indevido, deixando de pagar US$ 3 bilhões em impostos desde 2006, e obtendo um lucro maior com venda de minério de ferro para a China. A Vale nega as acusações.

CPI investigará Vale por suspeita de "triangulação" com subsidiária suíça CPI investigará Vale por suspeita de "triangulação" com subsidiária suíça CPI investigará Vale por suspeita de "triangulação" com subsidiária suíça CPI investigará Vale por suspeita de "triangulação" com subsidiária suíça CPI investigará Vale por suspeita de "triangulação" com subsidiária suíça

Embarque de minério de S11D, da Vale/Divulgação

A prática, chamada de "triangulação", também teria sido usada por outras empresas, gerando um prejuízo para o Brasil de U$S 49 bilhões entre 2009 e 2015,

article_image