AGU cobra multa de Vale e BHP por descumprimento de acordo em MG

A Advocacia-Geral da União (AGU) ajuizou uma ação na Justiça cobrando R$ 14,6 milhões das mineradoras Vale e BHP, acionistas da Samarco, pelo descumprimento de deliberações impostas após o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em 2015.

AGU cobra multa de Vale e BHP por descumprimento de acordo em MG AGU cobra multa de Vale e BHP por descumprimento de acordo em MG AGU cobra multa de Vale e BHP por descumprimento de acordo em MG AGU cobra multa de Vale e BHP por descumprimento de acordo em MG AGU cobra multa de Vale e BHP por descumprimento de acordo em MG

Lama da barragem de Fundão, da Samarco, que se rompeu em Mariana (MG)/Agência Brasil

Segundo a ação, a Fundação Renova deixou de executar a deliberação 58, de 2017, que a obrigava a dar início, em até 30 dias, ao programa de

article_image