Vale é condenada a pagar R$ 137 milhões por mortes de Brumadinho

O Tribunal Regional do Trabalho condenou a Vale a pagar indenização de R$ 1 milhão por danos morais por trabalhador morto no rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). A indenização, que abrange 137 trabalhadores diretos da mineradora vitimados pelo acidente, será destinada aos espólios e herdeiros.

Vale é condenada a pagar R$ 137 milhões por mortes de Brumadinho Vale é condenada a pagar R$ 137 milhões por mortes de Brumadinho Vale é condenada a pagar R$ 137 milhões por mortes de Brumadinho Vale é condenada a pagar R$ 137 milhões por mortes de Brumadinho Vale é condenada a pagar R$ 137 milhões por mortes de Brumadinho

Profissionais da Defesa Civil atuam em Brumadinho após rompimento de barragem da Vale/Agência Brasil

O derramamento de rejeitos de minério em 25 de janeiro de 2019 causou as mortes de 270 pessoas, das quais 137 eram contratadas diretamente pela mineradora, segundo os autores do processo, num

article_image