MPF recomenda suspensão de atividades em barragens da Mineração Taboca no AM

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou a suspensão imediata do depósito de resíduos ou lançamentos de qualquer tipo de substância em barragens do complexo mineral do Pitinga, da Mineração Taboca, no Amazonas. De acordo com o MP, a estrutura apresentou vazamento e já contaminou um igarapé e dois rios localizados no interior da terra indígena Waimiri Atroari, em Presidente Figueiredo (AM). A mineradora produz estanho e ferroligas de nióbio e tântalo.

MPF recomenda suspensão de atividades em barragens da Mineração Taboca no AM MPF recomenda suspensão de atividades em barragens da Mineração Taboca no AM MPF recomenda suspensão de atividades em barragens da Mineração Taboca no AM MPF recomenda suspensão de atividades em barragens da Mineração Taboca no AM MPF recomenda suspensão de atividades em barragens da Mineração Taboca no AM

Mina de estanho Pitinga, da Mineração Taboca, no Amazonas/DIvulgação

O relatório mais recente sobre a situação no local, produzido pela Frente de Proteção Etnoambiental da Fundação Nacional do Índio (Funai),

article_image