Vale e BHP entram na mira de credores com recuperação judicial da Samarco

Credores de títulos que giram em torno de US$ 2,7 bilhões devidos pela Samarco dizem que a empresa "falhou totalmente ao negociar" uma reestruturação da dívida antes de entrar com pedido de recuperação judicial e agora querem que suas controladoras, Vale e BHP, desembolsem mais recursos para permitir o pagamento imediato dos papéis vencidos.

Vale e BHP entram na mira de credores com recuperação judicial da Samarco Vale e BHP entram na mira de credores com recuperação judicial da Samarco Vale e BHP entram na mira de credores com recuperação judicial da Samarco Vale e BHP entram na mira de credores com recuperação judicial da Samarco Vale e BHP entram na mira de credores com recuperação judicial da Samarco

Concentrador do Complexo de Germano da Samarco, em Mariana (MG)/Divulgação

 

Em comunicado conjunto, as duas gigantes da mineração afirmaram que a medida é necessária para permitir que a Samarco continue operando e ocorreu após

article_image