Maiores produtores de ouro da AL planejam gastar US$ 1,06 bilhão com exploração

Os seis principais produtores de ouro da América Latina planejam gastar US$ 1,06 bilhão com exploração em 2021, um terço a mais do que os US$ 793 milhões investidos no ano passado, quando suas atividades de sondagem foram afetadas pelas restrições causadas pela pandemia de Covid-19. Também se estima que o gasto dessas seis mineradoras será mais alto do que os US$ 905 milhões reportados em 2019.

Maiores produtores de ouro da AL planejam gastar US$ 1,06 bilhão com exploração Maiores produtores de ouro da AL planejam gastar US$ 1,06 bilhão com exploração Maiores produtores de ouro da AL planejam gastar US$ 1,06 bilhão com exploração Maiores produtores de ouro da AL planejam gastar US$ 1,06 bilhão com exploração Maiores produtores de ouro da AL planejam gastar US$ 1,06 bilhão com exploração

Mina de Peñasquito, da Newmont, no México/Divulgação.

A Newmont, maior produtor de ouro da América Latina focará principalmente em oportunidades em áreas brownfield, que representam US$ 200 milhões do orçamento global

article_image