Prefeitura de Brumadinho suspende alvará da Vale após morte de operário

A Prefeitura de Brumadinho (MG) suspendeu, na sexta-feira (18), o alvará de funcionamento da Vale e de suas empresas terceirizadas, conforme decreto publicado no Diário Oficial do Município, na mesma data. O ato, assinado pelo prefeito Avimar de Melo Barcelos (PV), decorreu da morte de um operário que trabalhava na Mina Córrego do Feijão.

Prefeitura de Brumadinho suspende alvará da Vale após morte de operário Prefeitura de Brumadinho suspende alvará da Vale após morte de operário Prefeitura de Brumadinho suspende alvará da Vale após morte de operário Prefeitura de Brumadinho suspende alvará da Vale após morte de operário Prefeitura de Brumadinho suspende alvará da Vale após morte de operário

Entrada da mina Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG)

De acordo com o decreto, os alvarás de funcionamento e localização da Vale e das suas terceirizadas, principalmente a Vale Verde, ficam suspensos pelo período de sete dias,

article_image