Vale vai adotar modelo flexível de trabalho no pós-Covid

A Vale vai adotar o modelo flexível de trabalho em sua operação global no pós-pandemia. A Covid-19 colocou 22% da força de trabalho própria da mineradora, de 74.472 pessoas, em trabalho remoto. A ideia é que o home office seja definitivo para esse grupo, mas alternado com encontros presenciais nos escritórios ou em um dos espaços colaborativos, ou hubs, que a empresa criará até março de 2021.

Vale vai adotar modelo flexível de trabalho no pós-Covid Vale vai adotar modelo flexível de trabalho no pós-Covid Vale vai adotar modelo flexível de trabalho no pós-Covid Vale vai adotar modelo flexível de trabalho no pós-Covid Vale vai adotar modelo flexível de trabalho no pós-Covid

Sede da Vale no Rio de Janeiro/Divulgação

De acordo com a Vale, as funções operacionais, nas minas, seguirão presenciais, o que ocorreu mesmo durante a pandemia, com a mineração sendo classificada pelo

article_image