Audiência com a Vale sobre indenização por Brumadinho termina sem acordo

A audiência entre a Vale e os diversos órgãos governamentais e do Judiciário que negociam com a empresa um acordo definitivo pelo rompimento da barragem da mina de Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), realizada na sede do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) na terça-feira (17), terminou sem acordo. O governo de Minas Gerais não aceitou a proposta apresentada pela companhia e uma nova reunião foi marcada para dezembro.

Audiência com a Vale sobre indenização por Brumadinho termina sem acordo Audiência com a Vale sobre indenização por Brumadinho termina sem acordo Audiência com a Vale sobre indenização por Brumadinho termina sem acordo Audiência com a Vale sobre indenização por Brumadinho termina sem acordo Audiência com a Vale sobre indenização por Brumadinho termina sem acordo

Audiência com a Vale no TJMG sobre indenização por Brumadinho/Divulgação

Os entes governamentais pedem em Ação Civil Pública (ACP) R$ 54 bilhões da mineradora, enquanto a Vale encomendou um estudo à consultoria Tendências, cujo

article_image