Braskem é processada nos EUA por danos atribuídos à extração de sal-gema

A Braskem tornou-se alvo de uma ação coletiva na Corte de Nova Jersey, nos EUA, por causa de perdas causadas pelos danos em bairros de Maceió atribuídos à mineração de sal-gema pela companhia. Até o momento, a empresa já fez provisionamento de R$ 5 bilhões por causa da questão, mas ação do Ministério Público Federal (MPF) pede cerca de R$ 20 bilhões em indenizações e recuperação das áreas atingidas.

Braskem é processada nos EUA por danos atribuídos à extração de sal-gema Braskem é processada nos EUA por danos atribuídos à extração de sal-gema Braskem é processada nos EUA por danos atribuídos à extração de sal-gema Braskem é processada nos EUA por danos atribuídos à extração de sal-gema Braskem é processada nos EUA por danos atribuídos à extração de sal-gema

Empresa é processada no Brasil por danos em Maceió

A ação coletiva nos EUA foi aberta pelo escritório Pomerantz - que conseguiu acordo de quase US$ 3 bilhões com a Petrobras durante a operação Lava-Jato - em

article_image