Vale e MPT definem prazo para indenização a familiares de vítimas de Brumadinho

A Vale e o Ministério Público do Trabalho (MPT) definiram que familiares de trabalhadores da empresa que morreram durante o rompimento da barragem B1, em janeiro de 2019, em Brumadinho (MG), terão até 15 de julho de 2021 para aderirem ao acordo de indenização.

Vale e MPT definem prazo para indenização a familiares de vítimas de Brumadinho Vale e MPT definem prazo para indenização a familiares de vítimas de Brumadinho Vale e MPT definem prazo para indenização a familiares de vítimas de Brumadinho Vale e MPT definem prazo para indenização a familiares de vítimas de Brumadinho Vale e MPT definem prazo para indenização a familiares de vítimas de Brumadinho

Bombeiros fazem trabalho de busca na lama de rejeitos da barragem do Córrego do Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho (MG)

Pela proposta, a mineradora terá que pagar ao cônjuge ou companheiro, filho, mãe e pai de funcionários falecidos R$ 700 mil, sendo R$ 500 mil por danos morais e R$ 200 mil

article_image