Vale inaugura planta-piloto de concentração magnética a seco de minério

A Vale inaugurou na terça-feira (14) uma planta-piloto de concentração magnética a seco de minério de baixo teor. A tecnologia, conhecida pela sigla em inglês FDMS (Fines Dry Magnetic Separation) e desenvolvida pela New Steel, dispensa o uso de água no processo e, de acordo com a mineradora, “é única no mundo”. A Vale estima que, em 2024, 1% de toda sua produção seja feita com o uso desse processo.

Vale inaugura planta-piloto de concentração magnética a seco de minério Vale inaugura planta-piloto de concentração magnética a seco de minério Vale inaugura planta-piloto de concentração magnética a seco de minério Vale inaugura planta-piloto de concentração magnética a seco de minério Vale inaugura planta-piloto de concentração magnética a seco de minério

Planta-piloto da Vale para concentração magnética a seco de minério desenvolvida pela New Steel

Segundo a Vale, a planta-piloto, batizada de NS-03 e construída no Centro Tecnológico de Ferrosos (CTF) da Vale, em Nova Lima (MG), com investimento de US$ 3 milhões, é o

article_image