Samarco, Vale e BHP são condenadas a indenizar trabalhadores de Mariana

A Vara do Trabalho de Ouro Preto condenou Samarco, Vale e BHP Billiton a pagarem R$ 20 mil para mais de 600 funcionários que trabalhavam na Barragem de Fundão, rompida em 2015. A ação, movida pelo Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Extração de Ferros de Mariana, prevê ainda que os funcionários da Samarco recebam composição material por perda de benefícios e reajustes após a tragédia.

Samarco, Vale e BHP são condenadas a indenizar trabalhadores de Mariana Samarco, Vale e BHP são condenadas a indenizar trabalhadores de Mariana Samarco, Vale e BHP são condenadas a indenizar trabalhadores de Mariana Samarco, Vale e BHP são condenadas a indenizar trabalhadores de Mariana Samarco, Vale e BHP são condenadas a indenizar trabalhadores de Mariana

Lama da barragem de Fundão, da Samarco, que se rompeu em Mariana (MG)

Como defesa, as empresas alegaram, por exemplo, que o sindicato não possuía autorização para atuar no processo, além da prescrição bienal e quinquenal

article_image