Justiça determina que Samarco pague R$ 2,5 Mi a família de vítima não encontrada

A Justiça do Trabalho determinou o pagamento de uma indenização de R$ 2,5 milhões para a viúva e o filho de Edmirson José Pessoa, a única vítima não encontrada do rompimento da barragem de Mariana, em 2015. O valor deve pago pela Samarco ou por suas controladoras, a Vale e a BHP. 

Justiça determina que Samarco pague R$ 2,5 Mi a família de vítima não encontrada Justiça determina que Samarco pague R$ 2,5 Mi a família de vítima não encontrada Justiça determina que Samarco pague R$ 2,5 Mi a família de vítima não encontrada Justiça determina que Samarco pague R$ 2,5 Mi a família de vítima não encontrada Justiça determina que Samarco pague R$ 2,5 Mi a família de vítima não encontrada

Lama da barragem de Fundão

 

 

 

A juíza Angela Maria Lobato Garios determinou o pagamento de R$ 500 mil para cada um dos familiares por danos morais (somando R$ 1 milhão), além de R$ 1,5