Vale sai de lista internacional de empresas que respeitam direitos humanos

A Vale foi removida do Corporate Human Rights Benchmark, no qual ficou em sexto lugar no ano passado, por causa das consequências do rompimento de uma barragem da mineradora em Brumadinho (MG). Em primeiro lugar, está a Rio Tinto e, em terceiro a BHP, sócia da Vale na Samarco, onde ocorreu outro grave acidente em 2015.

Vale sai de lista internacional de empresas que respeitam direitos humanos Vale sai de lista internacional de empresas que respeitam direitos humanos Vale sai de lista internacional de empresas que respeitam direitos humanos Vale sai de lista internacional de empresas que respeitam direitos humanos Vale sai de lista internacional de empresas que respeitam direitos humanos

"O Corporate Human Rights Benchmark procura fornecer informações robustas e confiáveis sobre as ações das empresas por respeitar os direitos humanos em seus