Mineradora da Glencore vai pagar multa de US$ 22 Mi a autoridades canadenses

A Katanga Mining, uma mineradora controlada pela Glencore PLC, concordou em pagar mais de US$ 22 milhões para encerrar um processo em que autoridades canadenses alegam que eles esconderam os riscos de fazer negócios com um polêmico empresário israelense, intimamente ligado ao presidente congolês, Joseph Kabila, de acordo com uma fonte familiarizada com o assunto. Diversos diretores e ex-diretores serão citados no processo.

Mineradora da Glencore vai pagar multa de US$ 22 Mi a autoridades canadenses Mineradora da Glencore vai pagar multa de US$ 22 Mi a autoridades canadenses Mineradora da Glencore vai pagar multa de US$ 22 Mi a autoridades canadenses Mineradora da Glencore vai pagar multa de US$ 22 Mi a autoridades canadenses Mineradora da Glencore vai pagar multa de US$ 22 Mi a autoridades canadenses

Mina de cobre da Katanga Mining, controlada pela Glencore, na República Democrática do Congo

O acordo esperado entre a Ontario Securities Commission (OSC), principal regulador do mercado de capitais do Canadá, e a Katanga Mining, que é listada em Toronto, está relacionado

article_image