Salário dos engenheiros brasileiros está entre os maiores do mundo, diz pesquisa

A remuneração dos engenheiros no Brasil está entre as maiores no mundo, segundo pesquisa global da Michael Page com 1.500 executivos em mais de 30 países. As grandes obras de infraestrutura e a rápida expansão do mercado imobiliário, na última década, fizeram com que o salário dos engenheiros brasileiros atingissem um dos maiores patamares mundiais.
Salário dos engenheiros brasileiros está entre os maiores do mundo, diz pesquisa Salário dos engenheiros brasileiros está entre os maiores do mundo, diz pesquisa Salário dos engenheiros brasileiros está entre os maiores do mundo, diz pesquisa Salário dos engenheiros brasileiros está entre os maiores do mundo, diz pesquisa Salário dos engenheiros brasileiros está entre os maiores do mundo, diz pesquisa

De acordo com Cristiano Aron, diretor da Michael Page, a grande oferta de emprego no setor em anos anteriores e o baixo número de profissionais disponíveis no mercado são fatores que explicam essa elevação.

“Apesar de 2015 ser um ano de bastante cautela, as obras e os projetos de infraestrutura espalhados pelo país junto ao boom do mercado imobiliário, das últimas décadas, impulsionaram o aumento da remuneração desses profissionais”, disse.

O levantamento detectou posições, em nível global, ligadas às áreas de construção civil e pesada identificou que as remunerações praticadas no mercado local estão entre as mais altas do mundo.

Um diretor de construção ganha, anualmente, no Brasil, entre US$ 160 mil e US$ 220 mil, enquanto que em países como Canadá, França e Alemanha o salário do mesmo profissional está em torno de US$ 80 mil e US$ 150 mil.

Já um profissional no cargo de diretor de contratos no país embolsa, por ano, entre US$ 145 mil e US$ 215 mil, valores superiores aos que são praticados na China, de US$ 135 mil e US$ 155 mil; na Austrália, de US$ 100 mil e US$ 140 mil e na Espanha, US$ 117 mil e US$ 137 mil para a mesma posição.

“Apesar do momento difícil da economia brasileira, profissionais altamente especializados com larga experiência e, que atrelam parte do pacote de remuneração aos resultados da companhia, conseguem salários nesse patamar”, afirma o executivo da Michael Page.

De acordo com as planilhas enviadas pela Michael Page para o NMB, a taxa de câmbio usada foi de R$ 2,45 para US$ 1. O dólar foi cotado hoje a R$ 3,12.

A Michael Page é uma empresa mundial de recrutamento especializado, que atualmente possui mais de 5.400 colaboradores em 36 países, sendo mais de 500 na América Latina. As informações são da assessoria de imprensa da Michael Page.

loader