Acordo sobre Lei Kandir prevê R$ 8,7 bilhões para Minas Gerais

O acordo entre a União e os estados, formalizado no Supremo Tribunal Federal (STF), garantirá para Minas Gerais R$ 8,7 bilhões de compensação de perdas financeiras decorrentes da Lei Kandir até o ano de 2037. Segundo a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), a isenção de impostos previstos na lei recaiu sobre produtos primários e semielaborados, o que provocou grandes perdas para o Estado, sobretudo na cadeia de exploração e exportação da mineração e do agronegócio, que são a base da atividade econômica de Minas Gerais.

Acordo sobre Lei Kandir prevê R$ 8,7 bilhões para Minas Gerais Acordo sobre Lei Kandir prevê R$ 8,7 bilhões para Minas Gerais Acordo sobre Lei Kandir prevê R$ 8,7 bilhões para Minas Gerais Acordo sobre Lei Kandir prevê R$ 8,7 bilhões para Minas Gerais Acordo sobre Lei Kandir prevê R$ 8,7 bilhões para Minas Gerais

Minério de ferro é um dos produtos beneficiados pela medida