Queda de 17,12% no IPP da indústria extrativa é maior desde 2014, diz IBGE

A queda de 17,12% nos preços da indústria extrativa na porta da fábrica em março, em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), foi a maior deflação já registrada na série histórica do Índice de Preços ao Produtor (IPP), iniciada em janeiro de 2014, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar da queda, o IPP de março registrou alta de 1,32%.

Queda de 17,12% no IPP da indústria extrativa é maior desde 2014, diz IBGE Queda de 17,12% no IPP da indústria extrativa é maior desde 2014, diz IBGE Queda de 17,12% no IPP da indústria extrativa é maior desde 2014, diz IBGE Queda de 17,12% no IPP da indústria extrativa é maior desde 2014, diz IBGE Queda de 17,12% no IPP da indústria extrativa é maior desde 2014, diz IBGE

pelotas-de-ferro-samarco.jpg

Segundo o IBGE, a deflação na indústria extrativa foi puxada pelos dois principais produtos da atividade, "óleos brutos de petróleo" e "minérios de ferro e