Atividade extrativa e falta de recuperação da economia derrubam indústria

O tombo da produção na atividade extrativa mineral (queda de 13,7% no semestre), reflexo da tragédia com uma barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho (MG), junto à lenta recuperação da economia e da ociosidade ainda elevada das fábricas, têm abalado a indústria neste ano, fechando o 1º semestre com uma queda de 1,6% e já acumulando 3 trimestres seguidos no negativo, após uma pequena recuperação em 2018.

Atividade extrativa e falta de recuperação da economia derrubam indústria Atividade extrativa e falta de recuperação da economia derrubam indústria Atividade extrativa e falta de recuperação da economia derrubam indústria Atividade extrativa e falta de recuperação da economia derrubam indústria Atividade extrativa e falta de recuperação da economia derrubam indústria

Indústria extrativa mineral