Engenheiros da Vale negam que empresa soubesse da possibilidade de rompimento

Dois engenheiros responsáveis pela gerência de Geotecnia da Vale, Cristina Heloíza da Silva Malheiros e Renzo Albieri Guimarães, negaram ontem (9) que a mineradora tivesse conhecimento de eventual risco de ruptura da barragem da mina do Córrego do Feijão em Brumadinho(MG). Ambos foram presos preventivamente em fevereiro. A estrutura entrou em colapso no dia 25 de janeiro.

Engenheiros da Vale negam que empresa soubesse da possibilidade de rompimento Engenheiros da Vale negam que empresa soubesse da possibilidade de rompimento Engenheiros da Vale negam que empresa soubesse da possibilidade de rompimento Engenheiros da Vale negam que empresa soubesse da possibilidade de rompimento Engenheiros da Vale negam que empresa soubesse da possibilidade de rompimento

CPI de Brumadinho no Senado

 

Os empregados da mineradora prestaram depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura as causas do desastre.