ANM recebeu apenas 13% dos recursos a tem direito em 2018

A Agência Nacional de Mineração (ANM) recebeu do governo apenas 13% da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), os royalties da mineração a que tem direito do ano passado. O orçamento da ANM em 2018 seria 2,5 vezes maior caso a cota-parte fosse repassada integralmente. Sairia de R$ 65 milhões para R$ 230 milhões. O repasse é gasto também em fiscalização, como a que faltou em Brumadinho (MG).

ANM recebeu apenas 13% dos recursos a tem direito em 2018 ANM recebeu apenas 13% dos recursos a tem direito em 2018 ANM recebeu apenas 13% dos recursos a tem direito em 2018 ANM recebeu apenas 13% dos recursos a tem direito em 2018 ANM recebeu apenas 13% dos recursos a tem direito em 2018

Sede da ANM em Brasília (DF)

No ano passado, foram recolhidos R$ 3,036 bilhões, superando 2013, até então o ano de maior arrecadação, quando foram registrados R$ 2,376 bilhões no ano