BIZARRO: Astrônomos detectam alumínio a 1 mil anos-luz da Terra

Conheça o lado curioso e insólito da mineração e dos minerais: Robô cachorro consegue puxar avião feito de titânio e alumínio; Meteoritos de 3 bilhões de anos são encontrados.
BIZARRO: Astrônomos detectam alumínio a 1 mil anos-luz da Terra BIZARRO: Astrônomos detectam alumínio a 1 mil anos-luz da Terra BIZARRO: Astrônomos detectam alumínio a 1 mil anos-luz da Terra BIZARRO: Astrônomos detectam alumínio a 1 mil anos-luz da Terra BIZARRO: Astrônomos detectam alumínio a 1 mil anos-luz da Terra

Astrônomos detectam alumínio a 1.000 anos-luz da Terra

Uma equipe de pesquisadores detectou, pela primeira vez, a presença de uma molécula contendo alumínio em torno de uma estrela jovem localizada no complexo nebuloso de Orion, a cerca de mil anos-luz da Terra. Traços de alumínio encontrados em alguns meteoritos estão entre os objetos sólidos mais antigos do Sistema Solar, mas seus processos de formação e evolução ainda não foram ligados aos processos de formação dos planetas e estrelas.

A descoberta do óxido de alumínio em torno dessa jovem estrela é uma grande oportunidade para estudar o processo de formação inicial de meteoritos e planetas como a Terra. Foram descobertas emissões de rádio características das moléculas de óxido de alumínio (AIO). Esta é a primeira vez que o óxido de alumínio é detectado de forma confiável em torno de uma estrela jovem. As informações foram publicadas no artigo Spatial distribution of AlO in a high mass protostar candidate Orion Source I. Com informações do site Tendências Científicas.

Robô cachorro consegue puxar avião feito de titânio e alumínio

O Instituto Italiano de Tecnologia (IIT) desenvolveu um robô capaz de arrastar um avião de 3,3 toneladas por 10 metros, em um experimento no aeroporto de Gênova (ITA), no fim de maio. O HyQReal, que tem meros 1,3 metros de comprimento e uma altura de 90 cm, pesa 130Kg e tem sua estrutura formada por titânio, grade de proteção de liga de alumínio e um cobertura com uma liga que utiliza Kevlar, fibra de vidro e plástico.

A aeronave utilizada no teste tinha 25 vezes o peso do robô, com 14,4 metros de comprimento e 14 metros de envergadura. Para se locomover o robô possui uma bateria de 15 quilos, 4 motores conectados a 4 bombas hidráulicas que realizam a movimentação das pernas. Para ser controlado, o HyQReak possui dois computadores (um para o seu controle e outro para a visão). Ele também possui resistência à água e a areia. De acordo com o IIT, o robô está sendo construído com o objetivo de dar apoio em missões de emergência, transportando sensores para áreas de alto nível de risco, manipulando objetos e abrindo portas. As informações são do Instituto Italiano de Tecnologia.

Meteoritos de 3 bilhões de anos são encontrados

Pesquisadores afirmam ter encontrado traços de matéria orgânica de fora da Terra em rochas localizadas na África do Sul. De acordo com os cientistas, foram identificadas antigas amostras de meteoritos contendo compostos orgânicos de origem extraterrestre. Uma outra leitura das mesmas informações sugere que o material seja composto de nanopartículas de níquel, cromo e ferro. O material tem 3,3 bilhões de anos e foi enterrado por conta da atividade vulcânica do passado.

Usando a técnica de espectroscopia de ressonância paramagnética eletrônica (EPR), os pesquisadores descobriram que a rocha possuía dois tipos de matéria orgânica insolúvel, ambos sugerindo origens de fora da Terra — a mais antiga já identificada. Outra leitura sugere que o material seja composto de nanopartículas de níquel, cromo e ferro. "Espinélios (grupos de minerais que se cristalizam em formatos irregulares) de cromo rico em níquel, também conhecidos como 'espinélios cósmicos', são formados durante a entrada de objetos extraterrestres na atmosfera da Terra", disse o autor da nova pesquisa, Didier Gourier, da PSL Research University. Com informações da revista Galileu.

topics

loader