CSN Mineração estreia na B3 e potencializa mercado de minério de ferro

A CSN Mineração, subsidiária da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), estreia a sua Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores de São Paulo nesta quinta-feira (18), após quase uma década de expectativa. Precificada a R$ 8,50 por ativo, a companhia movimentou o montante de R$ 5,2 bilhões, conforme a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), e levou sua avaliação para R$ 47,5 bilhões.

CSN Mineração estreia na B3 e potencializa mercado de minério de ferro CSN Mineração estreia na B3 e potencializa mercado de minério de ferro CSN Mineração estreia na B3 e potencializa mercado de minério de ferro CSN Mineração estreia na B3 e potencializa mercado de minério de ferro CSN Mineração estreia na B3 e potencializa mercado de minério de ferro

Mina de minério de ferro Casa de Pedra, em Congonhas (MG), passa a ser da CSN Mineração/Divulgação

Mais do que um cenário atrativo para investidores, os resultados da oferta serão destinados à redução do endividamento do Grupo CSN e devem potencializar projetos da

article_image