Arbitragem contra a Vale na Bolsa tem 250 adesões

Centenas de investidores institucionais brasileiros já aderiram à arbitragem na Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM) da Bolsa do Brasil (B3), que pede ressarcimento de danos por conta dos prejuízos causados pelos desastres ambientais da barragem de Brumadinho, da Vale, há dois anos. O grupo pretende obter, pelo menos, parte das perdas na bolsa ocorridas logo na sequência do acidente.

Arbitragem contra a Vale na Bolsa tem 250 adesões Arbitragem contra a Vale na Bolsa tem 250 adesões Arbitragem contra a Vale na Bolsa tem 250 adesões Arbitragem contra a Vale na Bolsa tem 250 adesões Arbitragem contra a Vale na Bolsa tem 250 adesões
article_image