BIZARRO: Mineração ameaça aranhas com nomes inspirados em livros famosos

Conheça o lado curioso e insólito da mineração e dos minerais: Dell cria joias de ouro a partir da reciclagem de computadores; Apresentadora vive dia de garimpeira em cidade das ametistas.

BIZARRO: Mineração ameaça aranhas com nomes inspirados em livros famosos

Conteúdo Relacionado

Mineração ameaça aranhas brasileiras com nomes inspirados em livros famosos

Os nomes científicos de sete novas espécies de aranhas descobertas por cientistas brasileiros homenageiam diferentes personagens "aracnídeos" de famosas obras ficcionais de fantasia como "Harry Potter" e "O Senhor dos Anéis". Entretanto, a biodiversidade na área está sofrendo impactos da mineração.

As novas espécies são descritas em um estudo publicado na quarta-feira (10) na revista científica ZooKeys. As sete novas espécies de aranhas, todas pertencentes ao gênero Ochyrocera, foram descobertas em cavernas do Pará pelos autores do artigo, Antonio Brescovit, Igor Cizauskas e Leandro Mota, todos pesquisadores do Instituto Butantan.

Para fazer a descrição das sete espécies, os pesquisadores coletaram cerca de 2 mil espécimes adultos em uma série de expedições realizada ao longo de cinco anos. Segundo os autores do estudo, é altamente provável que ainda existam várias espécies desse gênero de aranhas por serem descobertas, já que poucos estudos têm sido feitos na região. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Dell cria joias de ouro a partir da reciclagem de computadores

A Dell, empresa de hardware de computador, criou um programa de reciclagem para aproveitar as pequenas quantidades de metais preciosos, como o como ouro, prata e platina, presentes nos dispositivos eletrônicos possuem pequenas quantidades de metais preciosos.

A empresa está vendendo joias feitas a partir do ouro de computadores reciclados, mas especificamente, da placa-mãe dos computadores. A edição limitada das joias conta com anéis, pulseiras, brincos, entre outros acessórios de 14 e 18 quilates, sendo que os valores começam em US$ 78 para um anel e chegam a US$ 348 por um par de abotoaduras. Com informações do Olhar Digital.

Apresentadora vive dia de garimpeira em cidade das ametistas

Daiane Fardin, apresentadora do portal Gshow, da Globo, realizou uma experiência de imersão como garimpeira em Chopinzinho (PA). Daiane conheceu o local onde está uma das maiores jazidas do Estado e participou do processo de extração do mineral.

Chopinzinho é uma cidade do sudoeste do Paraná, com cerca de 20 mil habitantes, de acordo com o sendo do IBGE de 2014. Conhecida como a capital das pedras, por conter muitos recursos minerais como ágata, ametista, cristal e citrino, o município tem também a maior reserva de araucária do mundo. As informações são do portal Gshow.

Receba a newsletter do NMB

Britador

Peter e Alex

Peter e Alex

Dois homens que ajudaram a moldar a atividade mineral moderna nos deixaram

Opinião

Considerações às propostas de alteração do Regulamento do Código de Mineração

Considerações às propostas de alteração do Regulamento do Código de Mineração

Leia artigo do advogado Marcello Ribeiro Lima Filho sobre mudanças no Código de Mineração

Bem Mineral

BEM MINERAL: Sama Mineração alcança marca de 3 mil dias sem acidentes

BEM MINERAL: Sama Mineração alcança marca de 3 mil dias sem acidentes

Reserva Natural da Vale; AngloGold promove evento esportivo em Minas Gerais

Escolha do Editor

Perfil de Empresas

Próximos Eventos