BIZARRO: Artista cria quadros com pó de minério

Conheça o lado curioso e insólito da mineração e dos minerais: Rejeito da Samarco vira arte sobre ação do homem na natureza; Minérios e Rock in Rio.

BIZARRO: Artista cria quadros com pó de minério Quadro de Kleber Galvêas

Conteúdo Relacionado

Artista cria quadros com pó de minério

O artista plástico Kleber Galvêas, que há 21 anos protesta contra a poluição o no Espírito Santo, lançou o projeto "A Vale, A Vaca e A Pena", em que cria obras de arte com o pó de minério. De acordo com ele, a provocação em tela com apelo ambiental busca conscientizar sobre a poluição presente na Grande Vitória, no Espírito Santo, utilizando o próprio agente poluidor como ferramenta de criação dos quadros.

Segundo Galvêas, o título da obra tem como objetivo criticar a constante presença do pó de minério que, de tão excessivo, substituiu a palheta de cores usada para preencher a tela. Ele diz que "A Vale" representa a mineradora, "A Vaca" simboliza os fazendeiros no interior, proprietários de gado, que ao limparem a sujeira feita por esses animais, vendem o esterco para não poluir o meio ambiente. E "A Pena" retrata o desenho que a fumaça faz ao sair da chaminé das usinas.

"A Vale é referência de maior poluidora na Grande Vitória. Essa poluição dura há quase meio século e é um fato muito mais grave do que o que aconteceu no rio Doce em Mariana. O rio Doce afetou um número muito menor de pessoas do que o pó de minério tem afetado na Grande Vitória", disse. As informações são do portal de notícias G1.

Rejeito da Samarco vira arte sobre ação do homem na natureza

A artista brasileira Silvia Noronha criou uma obra de arte com pedras produzidas a partir dos rejeitos da barragem de Fundão, da Samarco, que se rompeu em Mariana (MG). De acordo com ela, o objetivo da obra, que está exposta na Alemanha, é questionar como será a aparência do planeta no futuro e a responsabilidade humana sobre isso.

A mineira coletou o rejeito da tragédia e, simulando a passagem do tempo, transformou-a em pedras de aparência alterada. A coleta de sete quilos da lama ocorreu em três visitas da artista à área de Bento Rodrigues. Além de amostras de terra, a lama colorida continha outros resíduos, como vidro, restos de dispositivos eletrônicos, metais e plásticos.

A transformação do material ocorreu com a aplicação de altas temperaturas, de até 1.400 graus Celsius, e pressão elevada, procedimento executado na Universidade Técnica de Berlim. As pedras têm aparências diversas: algumas são mais parecidas com cerâmica e outras exibem surpreendentes misturas de cores por conta da fusão dos materiais e minerais contidos na lama. As informações são da Deutsche Welle.

Minérios e Rock in Rio

A Vale lançou, no final de setembro, um artigo em que mostra a participação da mineração nos principais instrumentos musicais utilizados no Rock in Rio. A guitarra, por exemplo, de acordo com a mineradora, possui em sua composição seis cordas de aço, provenientes de pelotas de minério de ferro.

Já o contrabaixo tem suas cordas feitas de tanto de aço, como de níquel, minério que a empresa é a maior produtora global e que é explorado por ela no Brasil, Canadá, Indonésia e Nova Caledônia. A bateria, por sua vez, tem as tarolas, também conhecidas como caixas, tem suas ligas metálicas feitas de aço, latão ou cobre.

Por fim, o minério de ferro também está presente majoritariamente em instrumentos como o teclado e o microfone. Segundo a maior produtora mundial da commodity, no caso dos teclados, as cordas saem das cravelhas, passam por cima do cavalete de madeira e são presas na extremidade inferior da armação de ferro nos pinos de fixação. O suporte do teclado, que também tem o ferro como base, é fixado firmemente à estrutura do instrumento. As informações são da Vale.

Receba a newsletter do NMB

Britador

Geopolítica Mineral

Geopolítica Mineral

Geopolítica norte-americana de construir muros contrasta com a construção de estradas da China

Opinião

Considerações às propostas de alteração do Regulamento do Código de Mineração

Considerações às propostas de alteração do Regulamento do Código de Mineração

Leia artigo do advogado Marcello Ribeiro Lima Filho sobre mudanças no Código de Mineração

Bem Mineral

BEM MINERAL: Mosaic doa 10 mil toneladas de gesso a agricultores

BEM MINERAL: Mosaic doa 10 mil toneladas de gesso a agricultores

Museu da Vale em Marabá; Concurso de redação no Pará

Escolha do Editor

Perfil de Empresas

Próximos Eventos